domingo, 22 de fevereiro de 2015

A sabedoria do tempo - Enviada por JAS em 23/09/13


O homem é o  único animal que sabe que nasceu e que um dia  vai morrer.
Sabe que começou a  viver,  sabe também  que terá um fim.
Somente os humanos podem organizar suas vidas  e planejar o tempo
para viver, amar, crescer, criar, conhecer e morrer.

1 - Tempo para viver

Viver a vida em toda a sua intensidade. Nunca enterrar o talento da vida.

Quanto mais você vive a vida fazendo o bem, tanto mais você percebe que ela é bela. Parar, descansar e sentir a grandeza da vida. Há pessoas que nunca encontram tempo para viver, sonhar e cantar. Vivem mergulhadas em negócios, trabalhando e trabalhando. Na verdade, se esperam terminar o trabalho para começar a viver, então nunca viverão, porque nunca terminam o trabalho. Apodere-se do tempo, caso contrário ele se apodera de você e o torna frustrado.

Entre os mandamentos dados pelo Criador, existe o mandamento
do descanso, "guardar os domingos e festas de guarda".
Há certamente muita sabedoria neste preceito divino.

2 - Tempo para amar:

Achar tempo para cativar, para atrair, para contemplar e para amar.

Achar tempo para aproximar-se mais...chegar mais perto. Tudo isto exige tempo, porém, sem o amor desfalece e murcha, Achar tempo para estar juntos nas refeições,  nos passeios, nas caminhadas, nas alegrias e nas tristezas, partilhando, rindo  chorando e acolhendo.

Amar não consiste em fazer grandes declarações. É principalmente e acima
de tudo, um jeito de estar juntos, um jeito de viver juntos: alegrar-se
juntos e chorar juntos. Amar de verdade, então, requer tempo, muito tempo para você contemplar quem está a seu lado, na sua frente.

Por vezes você julga que algumas pessoas são chatas e até antipáticas, porque você  não as contemplou e não lhes deu a oportunidade de revelarem sua riqueza interior.

Deixe que elas se abram e você  perceberá que elas são maravilhosas, admiráveis e belas. Tenha em mente que a mesma força criadora que
te deu a vida,  é a mesma fonte que deu vida a ela também.
Tudo isto é demorado, mas  é  sabedoria do tempo.

3 - Tempo para crescer:

O homem  só cresce com o tempo. A paciência é uma virtude, e ser
paciente é possuir a chave da alegria. Experimentar ser criança, ser adolescente, ser jovem, ser adulto e idoso, sem querer  antecipar as
fases da vida.  Não querer ser adulto sem ter saboreado o ser jovem.
Cada idade chegará a seu tempo.

Não se abre uma flor com os dedos, ela tem sem tempo certo para
desabrochar.

Os melhores frutos são aqueles que caem por si mesmos, quando estão
maduros. Da mesma forma o homem, o seu crescimento, a sua maturidade
e o seu caráter, requerem um ritmo, é tudo uma questão de tempo e paciência, e não de técnicas. Levar em conta tudo isto é sabedoria do tempo.

 4 - Tempo para criar:

Aquele que não amadurece, não tem imaginação. Não sentiu o seu sangue
circulando nas veias, não sentiu o pulsar do seu coração e  não tem
sentimento, como poderá criar? -  não amadureceu, não houve a devida
gestação. Disse Pascal "Escrevi um livro grande, porque não tive tempo de escrever  um pequeno" O homem em essência é um artista, porquanto o homem só atinge  a sua plenitude quando a vida lhes é experimentada, provada,  vivida e amadurecida. Isto não se faz da noite para o dia,  exige tempo, porque a inspiração vem da sabedoria por excelência.

5 - Tempo para conhecer:

Conhecer e não aprender somente. Conhecer uma pessoa é nascer com ela, é
partilhar de igual um novo começo, o que está em voga é o conhecimento
que mergulha no tempo. Existe diferença entre conhecer e aprender é preciso
muito tempo para alguém conhecer-se a si próprio, de igual forma, é
 necessário muito tempo para alguém conhecer outra pessoa, mas muito mais
tempo se exige para que o homem conheça seu Deus, seu Criador.

O Criador não se revela na pressa, na correria. Ele é uma realidade que se
experimenta, que se saboreia no diálogo personalizado, na oração constante e
silenciosa. Não se recebe e não se experimenta o Criador de uma só vez e para
sempre. Ele é novo a cada instante, a cada dia.

Se estamos vazios, perturbados, mal-humorados, agressivos e neuróticos
não encontraremos tempo para desfrutar do seu conhecimento, da sua
sabedoria.  Temos que achar tempo para a nossa  riqueza contemplativa,
e isto é sabedoria admirável.

 6 - Tempo para morrer:

Todo ser humano sabe que vai morrer. Somente não sabe quando e de que maneira.
Para aquele que crê, a aproximação da morte exige uma preparação
especial e determinados atos praticados em plena consciência.

Deve e pode encerrar seu curso terrestre com dignidade e serenidade.
Deve ter a oportunidade de escrever com letras de ouro a última pagina do
livro da sua vida. Talvez tenha que pedir perdão aos que magoou com atitudes mesquinhas ou então quem sabe, gostaria de deixar alguma mensagem especial para seus parentes, para seus amigos, para a sociedade.

Sabedor destes princípios, o homem deveria se preparar para a morte bem
cedo, desde os primeiros anos de vida. Seria bom ensinar às crianças e
aos jovens a encarar a realidade da morte com serenidade e inteligência,
Certamente esta  pedagogia peculiar ajudaria adotar conduta de vida
diferente. Ajudaria morrer ao orgulho, à vaidade de aparecer e à
ganância do possuir.

Ajudaria assumir um compromisso de partilha, de perdão e de
amor. Principalmente ajudaria escrever toda a história de sua vida
com letras de ouro.
A morte significaria então, a coroação, o desfecho de uma vida de doação.

Tudo isto exige aplicação e seriedade, mas é SABEDORIA DO TEMPO.

(Autoria: Maktub)
Arte e Formatação

By Jas

Nenhum comentário:

Postar um comentário